Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Xanalicious

Sex | 24.08.12

DICAS ROMA

Não vou aqui fazer um roteiro, nem nada do género. Mesmo que quisesse não conseguia porque esqueço logo o nome de 90% das ruas onde estive, e de 90% dos sítios onde comi. A minha memória é muito boa, mas muito selectiva - no mau sentido.

Ainda assim não podia deixar de partilhar a experiência - que em parte correu tão bem graças às vossas dicas (que foram impressas, sublinhadas e com notinhas, juro!!). Para vos situar: fui numa Quinta-Feira logo de madrugada, e só voltei na Quinta-Feira seguinte ao fim da manhã. Desses dias estive sempre em Roma, excepto Terça-Feira que visitei Florença. Aqui vão as mini-dicas:

?


Não ir em Agosto | Nem a Roma, nem a lado nenhum! Depois desta viagem, jurei a mim mesma que não volto a viajar para fora em Julho/Agosto, a não ser que não tenha mesmo alternativa. É calor a mais (passei muito mal, e a viagem torna-se muito menos produtiva), é confusão a mais, e - ainda mais importante - acabamos por só conhecer a parte turística dos sítios.

Não fazer dieta | Nem sequer pensar em: quilos, calorias, colesterol, etc etc. É crime ir a Roma e não comer (que nem uma 'besta', perdoem-me a expressão). Tentei aproveitar ao máximo, e o estrago só não foi "pior" porque o calor impedia que tivesse muita fome.

?
O que comer | Pizzas, gelatos, massas (vale todo o género, e acreditem: variedade é coisa que não falta), e saladas. Atenção aos preços, olho no aspecto da comida (muitas vezes a comida é congelada, e isso é o mesmo que comer cá em Portugal. Dá para comer bons pratos feitos na hora, por preços bastante razoáveis), e muito cuidado com as famosas taxas. Há de tudo - de serviço (ponto!), de esplanada, de talheres. Leiam bem os menus.

Água | Nem pensem muito no assunto. Basta ter uma garrafa por pessoa, e há fontes um pouco por todo o lado com água fresquinha.

Taxas&Aldrabices | Além da comida prestem atenção no Hotel. Paguei 2 euros por dia e por pessoa, mas esta taxa só é apresentada no fim da estadia (e é uma "taxa municipal", por isso não há como fugir). Além disso, cuidado com os romanos, são um povo muito manhoso... A começar pelos famosos mascarados de Gladiador etc. "Fujam" deles, porque basta uma foto e são logo obrigados a pagar 5 euros.

Roma Pass | Vale muito a pena! Visitei o Coliseu e Ruínas do Fórum Romano, e o museu Capitolino - sem filas, sem preocupações. Neste momento já custa 30 euros, e inclui duas entradas em museus à escolha (não inclui Vaticano), e ainda passe de três dias para autocarro e metro - quase não usei porque tinha imenso tempo para passear e andei sempre a pé, mas para quem vai com pouco tempo, vale a pena. Vende-se um pouco por todo o lado, incluindo nas bancas de jornais (e há em quase todas as ruas).

A não perder | O óbvio/mais conhecido podem encontrar no roteiro da Glimmer, ou no Top 10 de Roma da American Express (foram os meus dois guias). Mas fica uma dica pessoal: não deixem de visitar a Igreja de S. Clemente!! Está situada relativamente perto do Coliseu, vê-se rápido e vale muito a pena.

Duração | Três dias chegam perfeitamente para ver Roma se formos com tudo bem organizado. Quatro no máximo! Quanto a Florença, vale a estadia de um dia (ou seja, vê-se bem em 2 dias) - coisa que não fiz, e por isso vou ter que lá voltar (que chatice!!!! ahah).

?
?

Estadia | Evitem - mas evitem mesmo - ficar na zona Termini!! Que coisa mais horrível!! Eu fiquei na Via Nazionale e valeu muito a experiência. Bom ambiente, movimento, lojas/restaurantes/bares/cafés porreiros, e preços muito em conta. Estava perto de tudo, incluindo da estação Termini (mas fora do ambiente da infâme zona), que é onde vão apanhar comboios/shuttle bus (ida e volta para o aeroporto).

Shuttle Bus | A melhor invenção! É uma empresa de bus/mini-bus que faz o percurso entre o aeroporto e a estação Termini. Ar condicionado, conforto, óptimas condições, e um preço muito em conta - e estão sempre a passar. Para quem preferir táxi (não prefiram, não vale mesmo a pena), a Câmara de Roma definiu que o preço entre Fiumicino e o centro da cidade é de 60 euros (a viagem) - ou seja, ao contrário do que acontece em cidades como Paris, aqui há um preço definido, e assim não há surpresas à chegada.



Roma é um dos sítios que sempre quis conhecer, e por isso esta foi uma viagem muito especial para mim. Tentei aproveitar ao máximo, e trago de lá as melhores recordações - na melhor companhia possível! 3 p="p">3>