Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Xanalicious

Qua | 17.10.12

EARINGS

Eu e os brincos temos fases: amor-fartança-amor-fartança-amor-fartança, and so on. De maneiras que já percebi que em fases de amor (como a actual), não vale a pena investir muito.

Já há uns bons tempos que procurava brincos deste género (grandes "pendurados") e nunca tinha encontrado nada que gostasse. Pois bem, os azuis da H&M foram "o" achado (um verdadeiro bbb). Depois, um cheque-prenda, levou-me até à Parfois, onde desencantei uns brancos. Ontem na Zara completou-se o trio, com os "tigres-diamantados".


Três é a conta que Deus fez, e em acessórios percebe-se bem essa lógica: uns básicos (cor e modelo básico, que dão com tudo), uns relativamente básicos mas com uma cor especial (para usar com peças básicas), e uns statement (para alegrar uma festa).

Assim é em brincos, mas assim é também em malas (uma preta básica para o dia-a-dia, uma média de cor, e uma clutch de noite/festa), sapatos (pretinho básico, um colorido e uns mais "phynos", com padrão ou aplicações), e por aí fora. Concordam?