Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Xanalicious

Qua | 21.11.12

MAKE: Pincéis


Tão importante como apostar em produtos de qualidade, é prestar atenção aos pincéis que usamos. Hoje em dia existem inúmeras opções acessíveis de bons pincéis, mas cuidado porque é área onde noto que há muito "gato por lebre" - sendo que, sempre que possível, experimentem bem antes de comprar.

Neste momento tenho pincéis de quatro marcas, e estou MUITO satisfeita com ambas:

MAC | Recebi cinco num pack de Natal, há três anos, e hoje estão - depois de muito uso - praticamente como novos. São caros, é certo, mas valem muito o dinheiro. Fica a dica dos packs que fazem sempre no Natal: o cabo é mais pequeno, mas o pincel é igual, e os conjuntos são muito bem feitos (com um conseguimos os essenciais).

SEPHORA | Atenção, aqui apenas me refiro aos pincéis com o cabo em cores fortes, que são ligeiramente mais caros que os de cabo preto. Na foto falta o mais importante - podem ver NESTE post - que é o grandalhão que uso para o pó: custou 30 e poucos euros em Paris (há dois anos) e também é óptimo e está como novo. De todos que tenho, uso dois diariamente há mais de um ano e são maravilhosos.

MARY KAY | Descoberta recente (mostro amanhã porquê), por isso não posso avaliar a durabilidade. Mas em termos de pincel em si estou muito satisfeita: o cabo é óptimo, o corte das cerdas agrada-me e agarram muito bem os pós. Até agora só boas impressões, e têm um preço bastante acessível.

DIOR | Também não está na foto, mas já o postei aqui. Não uso assim muuuuito muito, mas já lá vão quase três anos desde que o tenho e também está óptimo. O que mais gosto nele - e nisso acho que é mesmo o melhor de todos - é que agarra bem o pó da embalagem, e espalha muito bem.


Outra questão que não deve ser ignorada é a LIMPEZA. Faço dois tipos: desinfecto com spray da MUFE (mostrei aqui), e lavo - deveria ser uma vez por mês, mas admito que não é - com champô J&J para crianças.
Quanto a esta última, vou explicar como faço: água morna com pouca pressão, cerdas para baixo (para não deformar o pincel), e molho muito bem. Depois passo um esfregão "da loiça" para o efeito (sim, isso mesmo) por água morna e coloco o champô na parte amarela (esponja mesmo). As cerdas devem ser "esfregadas" com muita suavidade em movimentos "cima e baixo" e circulares. Depois passo muito bem por água, e deixo a secar pousadas numa toalha na bancada com a parte das cerdas "de fora", para não ganharem jeitos. Não sei se me fiz entender, mas se não façam uma pesquisa no Google/YT, que há imensaaaa matéria sobre o assunto.