Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Xanalicious

Qui | 07.11.13

H&M x ISABEL MARANT

Aqui está uma parceria pela qual não dava grande coisa, mas que se revelou uma das melhores já feitas pela marca sueca. Não só porque é bastante apetecível - peças com um design muito actual - mas também porque conseguiu captar muito bem a estética boho-chic que caracteriza as colecções de Isabel Marant.


Quais as peças chave da colecção? Calças cropped (com bainha curta), camisolas e casacos cheios de texturas e padrões, sobretudos de inspiração masculina, e alguns vestidos de inspiração romântica = o ADN da marca está bem presente, não acham? A criadora afirmou à Vogue Portugal que também procurou que a colecção fosse de encontro à grande tendência da actualidade: roupa "fácil, confortável, e com atitude". Para a mulher que sabe vestir BEM sem muitos excessos, sem muito mi-mi-mi (mas, no caso da marca, sem abdicar de alguns detalhes-chave, como estampas extravagantes ou franjas).



Aqui vão algumas peças da colecção, que chega às lojas já dia 14:

Cliquem para ampliar

A colecção sai em duas lojas de Portugal: Chiado e Santa Catarina.




Para terminar, uma frase inspiradora da própria Isabel Marant (que foi dita no âmbito desta mesma parceria):


"Tudo pode ser combinado ao gosto de cada um: a minha abordagem à moda assenta na personalidade"




Promopost
Qui | 07.11.13

STYLE | Carine Roitfeld Style Tips


Titia Carine - ex rédactrice-en-chef da Vogue Paris, que lançou um documentário sobre o making of de CR, a sua revista - deu ao Telegraph Uk 6 dicas de estilo, baseadas na sua experiência pessoal. Impossível não partilhá-lhas por aqui, ou não fosse eu uma admiradora de Carine, e do seu estilo:


1. Mostre a sua individualidade. “Com as tendências a tornarem-se fenómenos mundiais, é muito importante ter uma leitura única do que a moda tem a oferecer. Seja você mesmo no meio disso tudo, a moda não deve ser esforço demais. Os meus amigos estilistas estão sempre a tentar mudar o meu estilo e a dar-me roupas, mas eu recuso sempre. É fundamental que as minhas roupas reflictam minha personalidade forte. A mulher é sempre mais importante que a roupa”.

2. Insista no que lhe cai bem. “Eu visto-me da mesma maneira há 20 anos, só o comprimento da minha saia é que mudou. Um estilo consistente demonstra confiança, e saber o que funciona em nós próprios poupa tempo na hora de vestir. O meu estilo só tem uma personalidade, a Carine, que eu descreveria como sóbria e quase classicamente parisiense. Ela é forte. Também é importante ter sentido de humor na hora de se vestir, e saber fazer um twist: a minha sweat com a estampa do Bambi, da Givenchy, é uma das minhas peças favoritas.”

3. Realce as suas qualidades. “Encontre algo que goste na sua aparência e acentue isso. As minhas sobrancelhas e pernas são os meus melhores traços. Gosto de usar maquilhagem preta nos olhos para chamar a atenção para as minhas sobrancelhas, e o meu guarda-roupas consiste basicamente em peças justas ao corpo. Com os meus olhos negros, roupas pretas e pernas finas, o meu estilo pode parecer bem rock n’ roll”.

4. Não compre peças-tendência. Só compre roupas que você planeia usar para sempre. É importante ver as tendências como elas são: um jogo. Encontrar uma peça de roupa que lhe vista bem é mais excitante do que entrar numa modinha maluca. Peças pretas são um investimento, e embora cores tenham espaço no meu guarda-roupa, nunca as misturo: visto-me ou toda de preto, ou toda de branco, ou toda de 'khaki'”.


5. Escolha peças com personalidade.“Conforto não faz parte do meu vocabulário de moda. Você perde um pouco da sua atitude quando se está sentindo confortável demais. Penso na minha combinação de renda como sexy, não confortável, e é isso que tenho em mente quando a visto por baixo das minhas roupas para fazer 'fittings' ou 'shopping'”.

6. Vista-se do pescoço para baixo: ”O meu segredo de beleza no cabelo e na maquilhagem é quanto mais 'messier' (bagunçado) melhor. É  fácil para mim pois não consigo ver nada sem os meus óculos. Nunca passo o meu eyeliner de forma direita de manhã, então o risco fica "borrado" mesmo. Acho sexy, e além do mais, fica sempre mais bonito no fim do dia. O cabelo bagunçadinho dá um ar mais jovial a qualquer look. Como toda a gente, tento esconder os sinais de envelhecimento, mas respeito a minha idade”.



Link da entrevista aqui.
Qui | 07.11.13

WISH | RISCA DIPLOMÁTICA

Ao inicio da estação estava super entusiasmada com um blazer com risca de giz. Depois disso passou-me, e não vi nenhuma peça em especial (nem nenhuma combinação que me inspirasse). Entretanto vi a tal camisa, sem versão-inspired até agora - por isso, para esquecer! Até que - talvez inspirada pelo look que postei aqui esta semana (que a maior parte de vocês nem gostou eheh) - experimentei estas calças da Zara.


"Meeeeeeeeeeeeeuuuuuuuuuuuu".... Descobri a pólvora!! ahah Estava com uma amiga, que nem gostou especialmente, porque só usaria para trabalhar. Mas eu disse que jamais usaria estas calças num visual "executiva" (isso odeio, acho mesmo banal - minha opinião, atenção), mas antes.... Com roupas bem informais (assim de repente, tshirts largas, arrematadas com um blazer; ou uma malha meio caída básica, com uma corrente dourada a dar "aquele" toque). Enfim, estão na minha WL, mas primeiro há que dar prioridade a outras peças.... #BUH



Link | Calças