Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Xanalicious

Dom | 15.12.13

SUNDAY DET

"As someone who writes about so many dresses and shoes and bags that she could never consider buying (...) Is it fair — or even possible — to enjoy only the fiction of fashion with no regard for its cost?" (Leandra Medine)

No outro dia, ao ler o parágrafo final de mais um excelente post da The Man Repeller, dei por mim a pensar no quão injusto é uma pessoa gostar de certos objectos (de qualquer área, não falo só de moda e companhia) e não poder ter apenas por falta de dinheiro (ou, prioridades). Tantas pessoas que conduziriam melhor um Porsche ou que usariam melhor uma Birkin que os miúdos do Rich Kids of Instagram, por exemplo.


No que a mim toca, acho que o Tank Solo da Cartier seria (será?) a peça que algum dia me faria perder a cabeça. Completamente inatingível, no entanto imagino-o no meu pulso como se sempre cá tivesse estado. Oh well, temos sempre o que os apreciadores de carros topo de gama não têm (muito) - inspirações. Afinal, e no que a mim toca, não é de marcas que se faz o estilo.





Links
Tank Solo, Cartier