Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Xanalicious

Seg | 29.05.17

BEAUTÉ // EXPERIMENTEI A FAMOSA MÁSCARA PRETA!

 Chegou cá a casa a famosa Black Mask da Neutriherbs, e fui convidada a partilhar a minha experiência com o produto!!

Curiosas? Eu estava muito ansiosa para testar um dos mais produtos falados do momento.




Ora bem, em primeiro lugar convém desmistificar algumas questões:

Esta máscara não serve apenas para "arrancar" os pontos negros. Passo a explicar: a limpeza dos mesmos (sujidade teimosa, impurezas e resíduos que se acumulam com a produção do sebo) é feita através de um método de extracção em vácuo, que ajuda a puxar os pontos negros teimosos dos poros, sem irritar ou inflamar, ao contrário dos métodos tradicionais como as pinças de extracção e alguns esfoliantes.

Mas... Parte do sucesso desta máscara são os ingredientes, que, neste caso, são 100% naturais: carvão activado, extracto de aveia e extracto de aloe vera. Ao combinar estes ingredientes activos naturais, cada um intensifica as propriedades do outros, proporcionando ainda mais benefícios à pele: ajuda a nutrir e a rejuvenescer a, ao remover a células mortas, e a deixar um aspecto jovem e suave na pele.



A minha experiência foi muito de encontro ao prometido! Apliquei depois do banho (com os poros abertos - as máscaras, no geral, fazem sempre mais efeito assim), deixei esperar 20 minutos e retirei a camada de baixo para cima - como indicavam as instruções da embalagem. De facto, eu não tenho muitos pontos negros, mas senti a pele mais limpa e macia!! Notei mesmo.

Deve ser aplicada 2 a 3 vezes por mês (ou seja, menos que as máscaras normais), sendo que, pessoalmente, acho que duas bastam perfeitamente.

Outra avaliação: qualidade-preço. Esta máscara custa 17.95 euros e, além de ter ido de encontro ao prometido, basta uma camada fina para o efeito (existe a ideia de que nas máscaras peel-off é necessária uma camada grossa, mas não) - ou seja, creio que cada embalagem dura bastante.


Podem encomendar, na Shy to Buy.




Experimentei este produto a convite da Shy to Buy, porém é uma review sincera!
Seg | 29.05.17

SPOTTED // O CASACO DA ZARA QUE ESTÁ A DAR QUE FALAR



Ontem apareceu-me no feed uma notícia da Vogue Portugal, que dava conta que este casaco - "acabado de chegar à Zara" (não estava nas novidades) - estava a esgotar conforme chegava às prateleiras (na loja online pt ainda estão disponíveis todos os tamanhos). 

Saltando esta parte da história, devo dizer que - não sendo #ALouca dos casacos ao estilo Chanel - lhe reconheci o encanto, e as 5 razões apontadas pelo site para não o deixar passar. O complemento perfeito em estilos femininos, o contraste perfeito em estilos mais básicos e/ou assente em básicos bf style.



(Para meu espanto), na #WL.
(quem quiser espreitar, está AQUI o link)
Seg | 29.05.17

TRENDS // ESQUEÇAM A CAMISA-VESTIDO!



Depois de várias temporadas com a camisa-vestido como estrela, fazemos uma pausa na febre, em prol de um modelo bem mais trendy: o quimono-vestido!


Já há um ano que vemos várias imagens de street style com esta peça, e mesmo assim, existe pouca oferta. Pela Mango, encontrei 3 modelos bastante diferentes, dentro da inspiração oriental:


E sabem porque pesquisei na Mango? Uma história engraçada, por acaso: a Giorgia Tordini, na primeira imagem, veste uma peça da Attico (marca da qual é co-criadora). Além disso, como influencer, foi uma #MangoGirl (das minhas preferidas, devo dizer). Mas, como tudo é bonito apenas quando acontece "aos outros", Giorgia não gostou mesmo nada quando a Mango copiou... Um vestido da sua marca:



Devo dizer que me ri um pouco - a Attico já existe há algum tempo, e a Mango já "se inspira" em designer clothes muitoooo antes disso. Ora... Se é embaixadora digital para umas coisas, não lhe fica mal tomar esta postura quando a visada é a sua marca? E nem se pode chamar "cópia" a isto, lamento.



Adiante, o que acham da tendência? Sou fã, mas prefiro usar quimono normal com cinto do que os modelos que vi até agora! Um bom exemplo? Este modelo Zara:



Seg | 29.05.17

NEW IN // MEU QUERIDO PORTUGAL






Tem sido um prazer acompanhar tantas marcas portuguesas incríveis a crescer!! Em oferta, em qualidade, em conceito. 

Depois de mais um fim-de-semana de Market Stylista, este sentimento é ainda melhor. Realmente, muito do que se faz está por lá, e esteve incrível!! O ambiente estava óptimo, as bancas super caprichadas, e a oferta.... Uma tentação!!



Ainda no espírito do mercado, decidi partilhar as últimas compras pelo Made in Portugal:

Biquini Ros Beachwear e fato-de-banho Hopiness: assentam lindamente, as licras são as melhores que já usei. Nota-se atenção ao detalhe, às tendências, às curvas do corpo. Há qualidade em todos os sentidos. Estou (ainda mais!!) ansiosa que regresse o tempo de praia!


Vestidos Mahrla e Rust and May: aqui ainda não dá para ver grande coisa, mas são dois dos vestidos mais giros que tenho, de longe. O modelo branco da Mahrla é feminino e simples, com os folhos nas alças que fazem toda a diferença. Estou ansiosa por estrear.

Directamente do Summer Market da Stylista, além do biquini da ROS, veio o vestido encarnado da Rust and May - vi no dia antes, no Instagram da Maria, e fiquei vidrada. Já não me lembrava do incrível linho da marca e, assim que peguei nele, só pensei "só espero que me fique bem!!". E, felizmente, ficava!!! Vou fazer apenas uma bainha e - faça chuva ou faça sol - aquele vestido vai ser usado assim que estiver de volta!
Seg | 29.05.17

TRENDS // DESTA TENDÊNCIA NÃO USAREI!



Hoje em dia, parece que é difícil afirmar com certezas a que tendências não nos renderemos. Não porque é difícil assumir um estilo próprio e/ou "cultivá-lo", mas porque somos extremamente estimulados através das redes sociais, levamos com várias perspectivas novas sobre as mesmas com o street style, blogs, Pinterest. Acontece-me muitas vezes mudar de ideias em relação a peças e novas tendências, mesmo que raramente as use!



Mas, relativamente a esta tendência, é caso para dizer: desta água não beberei. 

Pelo no Verão é coisa que "não me entra". Pele, ok; Veludo, conforme as peças. Pelo em chinelos? Sinto demasiado forçado (tipo trendy-wannabe, sem ofensa a quem usa). Em street style devo admitir que ficam interessantes - mas é para a fotografia, apenas. Ou, talvez, em eventos como Moda Lisboa. Mas, como não uso algo propositadamente para fotografias ou eventos, #NotForMe!!



O que acham da tendência? 
Seg | 29.05.17

SHOPPING // #5 PEÇAS A APROVEITAR NOS SALDOS BIMBA Y LOLA



As promoções já começaram para os clientes Bimba y Lola (registem-se no site e têm acesso), e devo dizer que, apesar de não serem muitas peças, os descontos são bastante simpáticos!!

Esta mochila nunca a tinha visto, mas achei muito gira - mas a secção que mais vale a pena é a dos acessórios e bolsinhas. Nos sapatos, a oferta não vai muito de encontro ao meu gosto pessoal (excepto um ou outro modelo, como as sandálias em cunha que mostro acima), mas devo repetir: o calçado da B&L é dos melhores que tenho, assim de longe!! Vale muito a pena.