Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Xanalicious

Ter | 24.10.17

A CAMISOLA DE MALHA PARA TER SEMPRE NO GUARDA-ROUPA


A gola alta regressa em grande (e a malha no geral, como falei neste post) e, apesar de estar MUITO POUCO inspirada para adoptar este regresso, tenho que admitir que existem poucas peças tão elegantes como uma malha branca com gola alta.


Pensem em ícones como Jackie Kennedy ou Audrey Hepburn. É para esse estilo que esta peça me remete!



Camisola gola alta, Uterqüe (link)
Ter | 24.10.17

PORQUE É QUE A DIET PRADA DESVIA OS OLHARES DA ZARA



Se os anos 90/inícios dos 00 foram all about falsificações, a partir daí o assunto do género foi a fast fashion.

As inspirações, a democratização das tendências (antes) inacessíveis, e tudo o que daí deriva. Começou o frenezim para que a high fashion conseguisse cada vez mais manter sigilo dos seus lançamentos - mais recentemente, o See Now, Buy Now. Não que as pessoas que compram Burberry fossem comprar à Zara, mas porque as pessoas que compram luxo talvez quisessem recuperar (ainda que por pouco tempo) a exclusividade. Pelo menos, é essa a minha leitura!


Enquanto a Zara continua a apostar cada vez mais em styling, editoriais e (self)criatividade, muitas outras marcas do segmento parecem ainda não ter saído do modo "isto giro, giro, era fazer aqueles botins Balenciaga em vários tamanhos e cores e vendê-los a 50 euros!"

Tudo certo. Mas a mim já não me apanham nessa onda. E, ainda mais, odeio comprar uma peça que adoro (porque... Sim! Porque vi na loja e... Gostei!) para depois descobrir que é copycat de [inserir marca da moda]. Compreendo que se sigam tendências, que estas sejam democratizadas (yes, please, yes!!), mas Copycat tem Copye realmente não é algo que agrade.



- MOVING ON - 


A Diet Prada é a conta de Instagram do momento (mesmo já existindo há uns bons anos), onde a designer Vika Gazinskaya e o artista plástico Brad Troemel se comprometem a denunciar casos de plágios na Moda.

Sim, na Moda (com M maiúsculo), algo que já reparo há anos. Marcas que não se inspiram em novos conceitos, ou na história ou elementos icónicos, ou na natureza. Mas sim... Nos rivais directos. E quando digo "inspiram-se", estou só a ser simpática.

Podem ver tudo aqui.



Adiante, finalmente o caso está em discussão e param um pouco de sair artigos atrás de artigos em que Zara, Asos, Forever 21, - you name it - se limitam a copiar os trabalhos dos Grandes (see what i did here?). Ok que, como disse em cima, nem todas as fast fashion se estão a esforçar em termos criativos como a Zara. Mas já chateia o "Caro x Barato", e há outras imitações going on!


Para ambos, quando começamos a ver medidas a sério a acontecer?

Imitation is the sincerest form of flattery, bla bla bla. Mas, no final do dia, quem vive de criatividade não pode viver apenas de elogios. Right?
Ter | 24.10.17

PORQUE É QUE NÃO VAMOS COMPRAR NADA EM NOVEMBRO


Ou, porque é que eu este ano decidi ser regrada e aproveitar a Black Friday.


Ou seja, não comprar nada até lá! Não faz sentido: basta pensarmos que Zaras e afins estão com quase tudo a (pelo menos) 20% de desconto. É 1/5 do preço para esperar umas semanas.

Outro detalhe: ainda está Verão (ou Primavera, vá). Ou seja, não vamos usar casacões e botas durante uns bons tempos (a não ser que dê uma travadinha e passe para 15 graus de um dia para o outro - hardly, right?).



Então, é isso!! Vou partilhando bons Spotted, bons Sets, novas Tendências - tudo para comprar na última Sexta-feira do mês, no Natal (se tiverem essa tradição) ou, ainda melhor, nos saldos logo no dia 26 de Dezembro (faltam - tipo!!!- 8 semanas).


Quem está comigo?