Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Xanalicious

Ter | 26.12.17

AS TENDÊNCIAS PARA DEIXAR EM 2017


Statement // Os brincos com franjas, com brilhantes, argolas, etc. Os brincos statement ficam em 2017. Em troca, peças elegantes e sóbrias em dourado.


Father Sneakers //  Os ténis ao estilo 90's e masculino exagerado ficam por 2017. Em troca, regressam vários clássicos da Nike - cheira-me que este é o ano da marca (finalmente).


Way oversized //  As peças mais "tailored" vão ganhar todo um novo destaque, tirando o spotlight das peças extremamente grandes, largas e exageradas (calças, casacos e vários acessórios).


Óculos de sol micro //  Fica óptimo no Instagram, mas creio que tamanha febre (again, de Instagram), ficará maioritariamente por lá.



Fato de banho subido // Os fatos-de-banho continuarão a ser uma das peças it do nosso Verão, claro!!, mas creio que a moda Baywatch-returns, com toda uma nova dimensão das coxas alheias, provavelmente só terá lugar nos #tb de 2018.


Festival exageration!!! // Depois de anos com todo um carnaval em cada festival, sinto que o caminho está a ser "keep it cool", mas em simples!


XA-DREZ // Como todos os padrões clássicos que sofrem de um grande boom, há que fazer uma (grande!) pausa. Eu estou no mood da risca diplomática! 

Ter | 26.12.17

SET DE SALDOS


Na WL de Saldos está apenas prevista uma paragem: a Zara (online). Uns mocassins modelo masculino (mas estes com pérolas são perfeitos para cortar o efeito) e um blazer bem básico (que o último que comprei ficou em péssimas condições.....). Uns jeans também, se bem que duvido que tenha paciência para me dedicar a essa demanda nas próximas semanas!! 

A camisa da A-Line não estará em saldos (suponho), mas está - definitivamente - na #WL. 
Ter | 26.12.17

#5 ERROS DE SHOPPING A NÃO COMETER NOS SALDOS


Já nos aconteceu a todas temos adorado aquela peça na loja e depois nunca usar... E é frustrante, certo?

Até as mais "experientes" na arte de compras (cof cof) cometem erros de shopping - é algo a que, simplesmente, "ninguém está imune". Mas a verdade é que quanta mais informação tivermos (dicas, tendências, inspiração, e tudo mais), menor é a probabilidade de cometer erros e, consequentemente, desperdiçarmos dinheiro. 

Seguem os meus conselhos:


1 // Amor à primeira tentativa - Se, ao experimentarmos uma peça pela primeira vez, encontrarmos algo que não gostamos de ver (por muito pequena que seja), é para esquecer. Quando sentirmos algo como "isto é perfeito para mim!", nesse caso tem sinal - vão usar por anos.


2 // Promoções, promoções - As peças básicas, clássicas, eternas e de boa qualidade simplesmente... Não chegam às promoções. Se prestarem bem atenção, as peças que encontramos com descontos de 50% no final dos saldos e que lhe parecem, à primeira vista, como o básico perfeito, têm sempre qualquer coisa de errada (vestem mal, têm um detalhe que não as faz assim tão intemporais, ou a qualidade deixa realmente a desejar) - resistam ao feitiço da etiqueta.


3 // Costureiros não são mágicos - Muitas vezes os costureiros conseguem fazer ajustes em peças de roupa - e isto faz toda a diferença!! - mas não fazem magia. Aquele verdadeiro achado nos saldos, aquela peça de sonho caríssima que está agora com um preço perfeito para a nossa carteira, só existe em 44? Nem pense nisso se veste do 42 para baixo. (acreditem, been there)


4 // Lembrem-se do que correu bem. E do que correu mal - Aquela marca tem umas malhas óptimas, mas as calças de ganga foram uma desilusão? Mantenham sempre isso em mente: o que correu bem e o que correu mal em cada marca, de forma a saber o que podem e não podem comprar nas vossos lojas de eleição.


5 // Sapatos, sapatos, sapatos - No geral, vamos sempre perder em sapatos. Não há como saber se aqueles lindos sapatos que nos ficam a matar vão aleijar à frente, ou fazer bolhas ao fim de umas horas, ou se a nossa pele se vai dar bem com o interior. Quando descobrimos se o par vale a pena ou não, já é possível devolver! Além disso, são as peças que se estragam mais depressa. No entanto lembrem-se: deve sempre valorizar a qualidade nos sapatos: faz toda a diferença num conjunto e duram em boas condições muito mais tempo!
Ter | 26.12.17

GUIA PARA IR AOS SALDOS SEM ARREPENDIMENTOS


Os saldos começaram, finalmente. É uma altura onde consegue boas oportunidades de compra, mas também muitas tentações de que não precisamos. Eu, pelo menos, já praticamente os passo, porque 90% das compras acabava por me arrepender!

Para comprar bem, há que manter 7 dicas em mente:


1 // Pesquisar bem antes de sair de casa. Dêem uma vista de olhos pela internet: pelos preços das várias lojas, por imagens que a inspirem, pelos desfiles da próxima estação. Vão estar bem informadas, e isso vai levar-vos a comprar melhor.


2 // Tamanho abaixo, jamais. Nunca comprem algo que está apertado (roupa ou sapatos) com a ideia que, eventualmente, vão alargar ou que vão caber.


3 // Ignorem o feitiço da etiqueta. Não é porque está barato que tem que valer a pena. Olhem sempre para a peça, se vos fica realmente bem e se é realmente o vosso estilo. Se têm dúvidas, deixem ficar.


4 // O próximo Inverno ainda está longe. Se já apostaram em muita roupa de Inverno, ponderem bem se vale a pena comprar mais, sob pena de já não gostarem assim tanto no próximo. Invistam em peças de meia estação (que podem usar sempre) ou peças que realmente precisa.




5 // Apostem na qualidade. Os saldos são a altura ideal para comprar peças de boa qualidade a preços amigos da carteira.


6 // Optem por peças básicas/clássicas (as que assim o considerem). Usarão muitas vezes e por muito mais tempo.


7 // Mas... Também é nesta altura que podemos comprar "aquela" peça mais extravagante, aquela peça que poderemos usar em festas ou ocasiões especiais, aquela que é diferente de tudo o que temos. O guarda-roupa também precisa de emoção!
Ter | 26.12.17

COMO APROVEITAR OS SALDOS DA MELHOR MANEIRA



Chegam os primeiros descontos às colecções dos últimos meses. Mas... Em que devemos realmente apostar? Deixo-vos 7 passos a cumprir antes de comprar!!


1 // O rácio que aplica à tendências ao longo da estação deve manter-se: não vale a pena ir à caça de tendências que não são o nosso estilo.

2 // Pesquisem bem antes de comprar: vejam várias lojas online, comparem preços (mas não só, também os materiais, a qualidade), e ponderem!!

3 // Ainda antes de comprar, nada como aquelas perguntas que, de tão básicas, quase sempre queremos ignorar: preciso? Vou realmente dar uso?

4 // Não se esqueça que o Verão não dura para sempre. Em Setembro/Outubro já só vai pensar nas novidades de Outono/Inverno.


5 // Saibam quais são os vossos básicos, aquelas peças que merecem investimento, pois vão usá-las bastante (e em diversas ocasiões da vossa rotina). Esqueçam as peças que vão acabar por usar apenas um ou outra vez.

6 // Nada como definir, minimamente, o que querem antes de ir às lojas (físicas e online). Seguir os pontos anteriores e chegar a um "rascunho" do que querem (atenção que não têm que seguir à regra mas tentem não ultrapassar muito o buget/tipo de peças pensados).

 7 // Na dúvida... Não comprem. Ou, se comprarem, não retirem a etiqueta antes de terem a certeza (durante uns dias, pelo menos).
Ter | 26.12.17

#7DaysOfStyle: ALL YOU NEED IN A OFFICE LOOK


E, porque o dia (a semana?) é marcado por aquele "semi-regresso" ao trabalho, nada como o look mais COOL de 2017 para quem não tem dress code totalmente formal no trabalho:

T-shirt & mom jeans + Blazer xadrez + slingbacks (ainda que estes sejam rasos). 

TUDO-CERTO (excepto se, como eu, apenas gostam do blazer xadrez em teoria - eu vou optar por tweed ou risca diplomática, nos eventuais saldos da Zara).



Ter | 26.12.17

#7DaysOfStyle: RED SHOES




Numa temporada em que o encarnado foi o (absoluto) protagonista, aqui fica uma das minhas peças preferidas na cor: os sapatos. Curiosidade? Não tenho nenhuns!! PAHAHAH Típico, certo? Nunca encontrei "os tais". Tenho umas sabrinas num tom escuro, mas que rapidamente deixei de gostar muito. E é isso. Ainda na busca!! 

Ter | 26.12.17

#7DaysOfStyle: MARCAR A CINTURA


Cintos são uma dos grandes regressos dos últimos anos (2, creio). Começou por regressar aos sobretudos de Inverno, depois às calças (paper bag) - LOVE IT! Bem grossos, marcam bem a cintura e são para dar um up a casacos, vestidos, quimonos, calças de cintura subida.