Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Xanalicious

Seg | 08.01.18

OS BÁSICOS QUE ADORAMOS MADE EM PORTUGAL



Se aqui vos falei da camisa branca perfeita (Made in Portugal), hoje é dia de vos falar nas restantes "partes de cima" que adoramos e #NãoVivemosSem, também feitos em solo nacional. Tenho tanto, mas tanto, orgulho quando vejo nascer projectos assim! (sem desmérito às marcas mais trendy, claro!!!)


A propósito do meu post do Ano Anti-Tendências rápidas e sem sentido (BTW, MUITO OBRIGADA a todas porque NUNCA na vida recebi TANTO feedback incrível da vossa parte!!), a fundadora da Baseville contou-me que criou esta marca exactamente com o mesmo feeling! 


"Do ‘fast’ para o ‘slow’, do sintético para o orgânico, do efémero para o sustentável, da explosão desenfreada de padrões para a calma dos tons básicos, do caos urbano para o ritmo simples de uma vila, surge assim uma nova marca, a Baseville."


A vontade de ter bons básicos, de uma boa base de todos os dias, de qualidade e design premium, e, claro, feito em Portugal. A cereja no topo no bolo é a preocupação ambiental presente no ADN da marca: malhas amigas do ambiente, fornecedores com processos de produção eco-friendly, acessórios de embalagens/papéis reduzidos ao mínimo. CLAPS!


E estão dados os primeiros (e excelentes) passos numa marca que, tenho a certeza, ainda dará muito mais que falar! Por agora, t-shirts. blusas e tank tops de vários modelos - o meu preferido (que entrou logo no carrinho ahahah) é a t-shirt com decote em V (na imagem). Sim, acho muito mais complicado encontrar uma boa t-shirt com decote em V (e lisa!!!).

AHHH, e melhor - em conversa com a Ana Filipa (criadora da Baseville), descobri que os modelos são feitos a pensar em bottoms de cintura subida (o que usamos hoje em dia, diga-se), ou seja, não vai sobrar aquele "bocadão" de blusa dentro das calças! - OBRIGADA, FILIPA! Sou só eu que odeio as t-shirts que criam um monte abaixo do cos das calças? Grrr.


Conclusão: ansiosa por receber!

Explorem os vossos preferidos, aqui. 
Seg | 08.01.18

THE CHANEL SLINGBACK



Lembro-me perfeitamente de, ainda em 2015 (quando estava no betrend), ver este vídeo nas minhas visitas diárias ao Youtube e ficar fixada. Seguiram-se os vários vídeos de Story e, depois, os de making of. Foi apenas o início de uma jogada de marketing GENIAL para trazer de volta à ribalta um dos sapatos mais icónicos de sempre.


Claro que, para fazer um artigo (ainda LONGE de prever a febre que iria acontecer nos meses seguintes), fui pesquisar tudo sobre a origem dos sapatos bicolor da Chanel, que nasceram em 1957(!). E, claro, existem várias versões!

Uma delas conta que uma grande estrela da moda tinha pés grandes e feios. Mademoiselle Chanel terá resolvido o problema à sua maneira: criou os sapatos perfeitos, delicados e confortáveis, que fazem parecer qualquer pé muito mais elegante e feminino.



Consta também que, para os criar, Gabrielle se inspirou, mais uma vez, no guarda-roupa masculino para desenhar aquele que seria o primeiro sapato bicolor feminino, de couro bege com biqueira preta (para disfarçar manchas) ligeiramente quadrada. A criadora detestava sapatos fechados e achava que assim daria mais graça e liberdade à mulher moderna (que, em grande parte, já era criação sua). 


Catherine Deneuve, Romy Schneider, Marilyn Monroe, Jeanne Moreau, Brigitte Bardot, Gina Lollobrigida, Jane Fonda, Jacqueline Kennedy e a princesa Diana foram apenas algumas das muitas mulheres que se renderam ao "sapato bicolor", que foi sendo actualizado ao longo dos anos - mas e sem nunca perder as linhas limpas e clássicas do design original.



Em 2015 e 2016 foi o verdadeiro it-shoe do Street style e do Instagram (tendo, claro, ganhado muitassss versões de outras marcas, mais baratas e não tão mais baratas), mantendo-se esgotado na maior parte das lojas e estando (ainda hoje) a preços absolutamente proibitivos por esta internet fora.


E, como eu ADORO chegar tarde à festa (de preferência já bem depois dos histerismos), este é o grande Wish de 2018, para comprar ao longo de uma (esperemos, de muitas) viagens do ano! 
Seg | 08.01.18

MONDAY WITH A HINT OF SILVER

Uterqüe, Eletta, Juliana Bezerra, Zara, Rag & Bone e Mansur Gavriel.

Sinto que os acessórios em prata andam muito desvalorizados. Não é o meu caso, porque mesmo os que compro com banho em ouro, passam (mais ou menos rapidamente) ao prateado. Mas eu gosto. Gosto de ver com o preto ou com os tons mais claros, como bege. Claro que dourado é dourado, mas como tudo começa no relógio - e o meu é maioritariamente prateado, todos os restantes acessórios "fixos" são prateado. Apenas os acessórios que vou acrescentado (neste momento, dois pares de brincos, dois anéis e um colar mais comprido) é que chegam em dourado. E, sim, gosto do mix!


BTW - blusa, slingbacks (Uterqüe) e blazer (Zara) estão em saldos!!
Seg | 08.01.18

5 TRUQUES DE ESTILO BEM RÁPIDOS


É Segunda-feira, de uma semana que promete ser cinzenta e regada a chuva! É o Inverno, já sei, mas... Realmente, não ajuda à boa disposição, especialmente matinal!!

A pensar nisso, 5 truques para tornar as nossas manhãs cheias de indecisões (e/ou pressa) bem mais fáceis. Let's go!



#Adicionar um cinto - Há tantos conjuntos que ganham uma nova vida com um cinto. Seja no vestido, nas calças subidas ou nos casacos. E, claro, também vale um lenço - que além de marcar a cintura e transformar o conjunto, ainda adiciona um toque de cor/padrão.




#Colocar uns saltos - Sabem quando parece que a roupa não está a funcionar? Em vez dos ténis ou sabrinas do costume, nada como deixar a preguiça de lado e optar por uns sapatos ou botas de salto. (preciso MESMO interiorizar isto)




#Usar um lenço - além de servir de cinto, usar um lenço ao pescoço ou na mala (ou de tantas outras formas) é sempre uma excelente ideia. Nesse sentido, vale a pena investir num ou outro bons lenços!




#Trocar o casaco - muitas vezes, mudar totalmente um look básico é mesmo... Usar o casaco certo. Pausa no modelo de todos os dias (também é algo que tenho de trabalhar!!), e dar uso a tudo o que se tem no guarda-roupa! 




#To-go outfit - Vamos então fazer uma pausa nas ideias inovadoras e maravilhosas, para o oposto. A aposta ganha: saber aquela combinação (báaaasica) que funciona SEMPRE, e que basta adicionar um acessório que gostem e está "ready to-go!".


Boa semana!!