Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Xanalicious

Dom | 07.10.18

#10 TENDÊNCIAS VISTAS NAS RUAS DE PARIS

 

Terminou o Fashion Month - nunca estive tão away, confesso. E, pelos vistos, não sou a única. Fui só eu que reparei a fraca adesão das grandes bloggers às Semanas da Moda? A maior parte só fez uma ou duas das grandes quatro e, quando fez, apenas uma pequena parte dos dias. Eu traduzo: as colaborações pagas devem estar mais diluídas (#Collabs não faltaram no meu feed de Instagram), e já ninguém está para ter despesa e trabalho a marcar presença e comunicar marcas que não apostam neste veículo (ou, nas pessoas em questão).

 

Por um lado, é totalmente legítimo. Já não estamos na fase de andar aqui a brincar (por "estamos", considerem, obviamente, as grandes bloggers e opinion makers do digital!!) às modas e aos desfiles. Estas pessoas têm um alcance de centenas de milhares, all over the world, e fazem desse alcance (e, consequentemente, da sua influência) o seu trabalho. Assim como as marcas não oferecem roupas só porque gostam de uma pessoa que lhes envia uma DM a pedir (porque não tem dinheiro ou, simplesmente, não quer pagar), também estas pessoas não têm que ir a eventos, desfiles, showrooms de marcas "apenas" por gosto.

 

Por outro lado... Não estaremos (por "estaremos" entenda-se a classe de bloggers/instagramers/etc) MESMO a perder a essência? Será que TUDO tem mesmo de ser pago? Será que os seguidores merecem ser privados de informação, inspiração e conhecimento?... Por exemplo, a maior parte das mulheres que sigo no Instagram, não marca peças de marcas com quem não tem parceria. Again, é legítimo. Mas há uma parte muito importante nos blogs (e consequentes), que é a partilha genuína de informação, de dicas, de experiências, de "life-style".

 

É porque, mesmo as bloggers que vão, quase todas usam as marcas que lhes pagam para usar. Sendo que as bloggers foram uma lufada de ar fresco aos desfiles - por usarem coisas novas, de formas diferentes, em misturas improváveis - se ficam reféns de PR's e Showroom das marcas com quem trabalham... O que sobra?

 

 

Percebem as ideias? O que acham?

 

 

 

Bem... Ufff, o post é sobre Paris!!! ahahahah Seleccionei algumas imagens de conjuntos mais "trendy" que apanhei no street style (com menos variedade que o costume):

 

 

Como recién salida de otra década (y otro lugar)

 

 

Manual de uso de las mallas de ciclista

 

 

Juego de texturas

 

 

Mezclas inesperadas y bienvenidas

 

 

La mezcla más rara y bonita (sí, bonita) que se pueda imaginar: vestido de inspiración lencera y zapatillas

 

 

Las botas blancas se llevan con un jersey camel

 

 

Tomando notas:

 

1. Bandoletes com enchimento (existem na H&M).

 

2. BLAZERS (oversized ou nem por isso).

 

3. Cintos a marcar a cintura, por cima de blusas e casacos!

 

4. Botas ligeiramente abaixo do joelho.

 

5. Mantemos a cintura Paper Bag em calças.

 

6. ANIMAL PRINT onde mais gostarem.

 

7. Saias midi de todas as formas, menos plissadas!

 

8. Os ténis "do pai" mantém-se, mas escolham um modelo que gostem - e não aqueles que toda a gente tem! Vão ver que vai ficar mais cool.

 

9. Botas brancas!

 

10. As malas querem-se ou de mão ou com uma alça pequena - que só pode ser levada na mão.  

 

Dom | 07.10.18

SET // HELLO, OCTOBER

mood out.jpg

 

Olá, Outubro!!!

 

 

O mês em que, efectivamente, começamos a pensar no mood Outono. Dificilmente vamos fazer mais que pensar, porque o clima promete manter-se (literalmente) em altas, mas sem dúvida que já só penso em cores, peças, modelos, tudo, de Outono. Aliás, já fiz as trocas de sandálias por botas, inclusive! 

 

 

Notas/créditos:

 

Biella Sweater, Totême - não posso comprovar a qualidade desta sweater, mas em termos de composição da malha e de corte, está au point! (e a cor, também gosto bastante) Os jeans também são da marca sueca, btw.

 

Juliette, Cinco - o Juliette é um dos meus modelos preferidos da Cinco. Mas, quando voltei a encomendar um modelo, acabei por escolher o Francesca. Isto porque o modelo é em prata com banho de ouro e, quando o banho se perder, vou continuar a adorá-lo em prata. Já o Juliette, eu queria em dourado - sempre. Eis que a Cinco lança o seu novo serviço - qualquer modelo da Cinco pode ser encomendado em ouro (19.2k). Que maravilha de ideia - tenho a certeza que já terei o Juliette debaixo da árvore de Natal!

 

Danielle, By Far (slingbacks) - a By Far, à semelhança da Totême e da Cinco, é uma das marcas que nasceram em plena era digital e se tornam muito do que são através do Instagram. Foi através d'A rede social que conheci esta marca e tenho andado em constante namoro. Estes slingbacks são o meu modelo preferido - infelizmente, faz pouco fit com as necessidades do "shoe closet". :(

 

Relógio, Nixon - o meu relógio dos últimos meses (em prateado), das minhas marcas preferidas!