Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Xanalicious

Dom | 15.11.09

It girl: Aprenda com Carrie Bradshaw!

Mais uma vez, uma it girl da ficção (não será preciso dizer de que ficção, pois nãão??) - suponho que seja por ser mais fácil, pois todos conhecemos o mesmo dela (quem acompanhou a série): não precisamos de ler livros, revistas, gossip's, mas apenas ver a icónica série!
Aqui ficam lições:


Mudar de visual - constantemente!

    Hum, esta dica pode ser interpretada de várias maneiras (dependendo do gosto pessoal da cada um), mas no geral podemos aprender com Carrie que faz bem um refresh no visual.. Mais ou menos frequentemente, isso já depende de cada um!
    Também o nível de mudança já depende do gosto pessoal - mudar de estilo ou apenas um refresh.
    Exemplo pessoal - Largar os ténis da Vans pelas flats! hahaa (foi radical!).

    Nova temporada, novo penteado

      Viram Carrie a virar mais uma página na sua vida (diga-se, mudar de temporada) sem mudar de penteado?? Não, não e não!
      Carrie é anti boooring hair (expressão acabadissíma de ser inventada!), e muda constantemente de cor, textura e comprimento!
      Dica importante: Mais uma vez chamo a atenção, é uma personagem que na série tem uma vida normalíssima MAS por detrás disso tem cuidados personalisados - e a maioria de nós não tem esse luxo, e não pode mudar radicalmente de visual só porque quer mudar de vida. As mudanças (mais ou menos radicais) devem ser ponderadas... e se tem duvidas, consulte um especialista.


      Fazer dos sapatos uma religião

        Carrie faz dos sapatos uma religião, uma prioridade, uma paixão, uma arte! Mas claro que isso muda de pessoa para pessoa... Há quem prefira investir em certas peças de roupa (casacos, vestidos, calças, ...), outros em malas (guilty!), outros em jóias, e há sempre aquelas que investem em tudo (moderada, ou não moderadamente!).

        Mas a lição é.... Escolher aquilo pelo qual nutrimos aquela! paixão, e investir nisso - fazer disso a nossa imagem de marca!


        Não estar completa... até Paris!
          Carrie sempre teve fascínio por Paris (assim como a maioria de nós!), fascínio esse que alimentava através de livros, artigos, fotos, filmes... E finalmente, rumou ao seu destino de sonho e recolheu directamente a inspiração que sempre quis! (e notava-se nas toilletes!).



          E por isso meninas, todas devemos ter a nossa cidade alvo - que desejamos e desejamos, que planeamos e planeamos, e finalmente... Vamos! E adoramos todos os momentos que lá passamos, e isso torna-nos mais completas... Claro que pode não ser só um destino (não vivemos numa bolha), mas há sempre aquele especial!! (o meu, já agora, é Pariiiis!)


          Easy on the credit card

            Esta lição é diferente das restantes, por ser algo que devemos aprender através dos ERROS de Carrie, e não das virtudes!
            No mundo real, as pessoas que não pertencem (e perdoem-me a expressão, considerada desactualizada) à classe alta não se podem dar ao luxo de viver a vida com toilletes diferentes todos os dias, com labels dos pés à cabeça, e com pares e pares de Manolo's no closet! Isto tudo por duas razões - é demasiado superficial mostrarmos algo que não somos, e porque existem muitas outras coisas na vida!
            Mesmo que a moda seja a nossa prioridade com certeza que não é a única: existem casas, carros, contas, saídas, cinema, livros, restaurantes, viagens, etc etc... E tudo isso faz parte da vida! Devem existir prioridadeSSS e não apenas UMA prioridade! Veja-se o episódio da quarta temporada em que Carrie descobre que só tem os seus sapatos!!
            Mas sublinhe-se que se deve investir em certas peças de labels, por terem durabilidade eterna e serem investimento garantido - e isso não é ser superficial, é esperteza!

            Também as it girls cometem fashion mistakes...

              Quem tem "a ousadia de ousar", também sabe que corre o risco de... errar!! Muito ou pouco... E Carrie não foge à regra!


              Mas não devemos deixar que isso nos incomode (demasiado), e que nos faça perder a ousadia, mas sim aprender com os erros!

              Just be yourself

                Existe coisa mais it que essa?





                (imagens: hbo
                fontes: It Girls e SATC)

                4 comentários

                Comentar post